Nesta quinta-feira (18), o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, usou as redes sociais para rebater declarações de um professor a respeito do Enem.

Camargo reagiu com uma série de tuítes. Em um deles, destacou que “pretos não são inferiores”. Ele se manifestou após Wellington Lopes, professor de Ciências Sociais e conselheiro da organização UNEafro, dizer ao Uol: “Este é o Enem mais branco e elitista da última década; é justamente por uma prática que caracteriza o governo [Bolsonaro]”.

– Já ouviu falar em estudo, disciplina e esforço? Experimente! Sempre funciona, não importa a cor. Pretos não são inferiores. […] Estudo não tem cor. Preparem-se e deixem de mimimi vitimista. Isso não é vida. […] O Enem não é lugar de lacração africanista – respondeu o presidente da Palmares.

Fonte: Pleno News