O ministro da Educação, Milton Ribeiro, surpreendeu os deputados ao comparecer sem aviso prévio à Comissão de Educação, na Câmara, nesta quarta-feira (17). Ele comentou a fala do presidente Jair Bolsonaro afirmando que as questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começaram a ter “a cara do governo”.

– O Enem tem, sim, a cara do governo. Tem a cara do governo no sentido de competência, honestidade, seriedade… Essa é a cara do nosso governo. Não temos nenhum ministro preso, nenhum caso de corrupção – disse Ribeiro antes de ser interrompido por deputados que consideraram a fala como uma “provocação”.

Após o fim da discussão gerada entre os deputados, o ministro da Educação voltou a afirmar que “a possibilidade de qualquer interferência está totalmente fora da história e de contexto”.

– Embora, até por ordem e por questão de hierarquia, eu pudesse ter acesso… Eu não posso achar que é anormal o ministro da Educação ter acesso à prova, como aconteceu no passado. Mas eu abri mão disso, considerando as polêmicas que poderiam gerar – declarou.

Ribeiro ainda explicou que as questões inseridas no Enem fazem parte de um banco de questões preparado por outras gestões.

– Nós só tivemos uma comissão que escolheu as questões; então, em nenhum momento, houve esse tipo de interferência – afirmou.

No vídeo a seguir, assista à declaração do ministro, na íntegra, à Comissão:

Fonte: Pleno News