Nesta sexta-feira (12), o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), voltou a disparar críticas contra o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro (Podemos). Durante um evento promovido pelo ex-governador Marcio França (PSB), em São Paulo, Ciro chamou Moro de pessoa “desonesta e despreparada”.

O ex-juiz se filiou ao Podemos nesta quarta-feira (10) e deve disputar a Presidência da República nas eleições de 2022. Apesar disso, Sergio Moro ainda não se lançou como pré-candidato.

Ao criticar o possível rival no pleito do próximo ano, Ciro afirmou que Moro “traiu” seu compromisso da magistratura.

– Um juiz que, traindo seu compromisso da magistratura, de julgar, tira um político da disputa e, antes da eleição, aceita se aliar a outro político que foi beneficiado pela exclusão daquele outro político que ele condenou. Isso é uma lesão moral que explica que essa é uma pessoa profunda e definitivamente desonesta – apontou.

O ex-governador do Ceará também afirmou que o ex-ministro não conhece “a tragédia brasileira”.

– Usou a toga para prender um adversário político, usou a magistratura para fazer política de forma completamente vil (…) Ele não fez isso apenas por uma ambição desmedida, ele fez isso por uma promessa descabida, que era um cargo vitalício (…) Considero ele [Moro] uma pessoa completamente despreparada, que não tem a decência pessoal e não conhece nem remotamente a tragédia brasileira – destacou.

Fonte: Pleno News