Um vídeo que circula nas redes sociais nesta quarta-feira (10) mostra um professor da rede de ensino de Uberlândia (MG) usando discurso militante perante seus alunos. O docente, que não teve o nome identificado, diz não aceitar “defesa de bolsonarista” em sua aula.

– Não aceito defesa de bolsonarista nessa sala de aula – disse.

De acordo com ele, “paciência tem limites” e defender pautas pró-governo é defender homofobia, preconceito e xenofobia. Na gravação feita por um aluno, é possível ouvir uma voz feminina dizendo “Ai, que tudo”, ao passo que também se ouve outra voz dizendo “isso é preconceito”.

O deputado federal cabo Junio Amaral (PSL-MG) compartilhou o vídeo em seu perfil no Twitter e afirmou que vai acionar o Ministério da Justiça contra o professor.

– Professor da rede de ensino de Uberlândia realizando política eleitoral em sala, aproveitando-se da sua posição para doutrinar seus alunos. Acionarei o Ministério da Justiça para que requisite a instauração de inquérito e apure a conduta do “professor” – escreveu o parlamentar.

Fonte: Pleno News