O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, foi alvo de um pedido de afastamento protocolado por dois advogados de Brasília.

Os autores da ação acusam Santa Cruz de usar a visibilidade como presidente do órgão para promove sua possível candidatura ao governo do estado do Rio de Janeiro.

Guilherme Campelo, candidato a presidente da Seccional do DF da OAB, é um dos que assinam o requerimento, ao lado de Leonardo Xavier Rangel. Na ação, endereçada ao Conselho Federal do órgão, eles afirma que Santa Cruz cometeu “grave violação das competências” e atuou em “clara promoção pessoal”.

Entre as evidências, a dupla citou a participação do presidente da OAB em um evento político ao lado do prefeito Rio de Janeiro, Eduardo Paes, em 26 de outubro.

– Presente na filiação, Santa Cruz continua usando sua condição de presidente da OAB para participar de atos político-partidários para incensar sua candidatura ao Governo do Rio de Janeiro, contrariando princípios básicos da entidade de se manter distante de disputas partidárias – anotaram.

Ainda em outubro deste ano, Felipe Santa Cruz foi alvo de outro pedido de afastamento, desta vez apresentado por um grupo de 10 advogados. Eles afirmaram que o presidente da OAB mantém “reiterada e publicamente, conduta incompatível com a advocacia”.

Fonte: Pleno News