O general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), não deixou por menos os ataques do colunista Pedro Fernando Nery, do Estadão, à Academia Militar das Agulhas Negras (Aman).

Em artigo publicado nesta segunda-feira (2), Nery criticou os militares que ocupam cargos no governo, e lembrou que alguns deles, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, se formaram na Aman.

– A Academia Militar das Agulhas Negras é a faculdade do primeiro escalão. Fornece gestores para qualquer assunto. Na Saúde, Pazuello e um punhado de coronéis que alcançaram o indiciamento pela CPI eram técnicos egressos da academia. Alma mortem – escreveu.

Ao encerrar o texto, Nery ainda chamou a instituição militar de “escola de deformação”: “O Brasil descobriu que tem oficiais muito ruins. Na reconstrução, precisaremos debater o que fazer com essas escolas “deformação”.

Augusto Heleno rebateu as críticas do colunista. O ministro destacou ainda que Nery tem “total ignorância” sobre a Aman.

Ministro usou Twitter para rebater críticas de colunista Foto: Reprodução Twitter

– Tentou desqualificar a AMAN. Seu artigo revela total ignorância sobre o papel desse histórico e respeitado “santuário” do Ensino Militar. A narrativa é vil, infundada e ideológica. Ao que parece, de construtivo, até hoje, nada fez pelo Brasil – disse o ministro.

Fonte: Pleno News