O comediante André Marinho pediu demissão da Jovem Pan na noite desta quarta-feira (3), após dois anos como integrante do elenco do programa Pânico. O anúncio foi dado nesta quinta-feira (4), por Emílio Surita, âncora da atração.

A Jovem Pan News tem sua primeira baixa exatamente uma semana depois de entrar no ar pela TV. O nome de André Marinho ficou em voga na última após a repercussão da participação do presidente Jair Bolsonaro no programa Pânico.

Na edição de 27 de outubro da atração, Marinho provocou o presidente, que acabou abandonando a entrevista.

Na edição desta quarta-feira (3), Marinho já estava ausente, e Emílio Surita explicou que o filho de Paulo Marinho estaria “refletindo” sobre a sua participação na emissora.

– O Marinho estava chateado, me procurou, veio falar comigo, está sofrendo a pressão. Eu falei: ‘Marinho, se quiser ficar no Pânico, beleza. Aqui ninguém tira trabalho de ninguém’ […] Eu falei pra ele ir para casa, descansar e tomar a decisão – disse o apresentador.

De acordo com Surita, as portas da emissora continuam abertas para o humorista.

Fonte: Pleno News