Após a Câmara dos Deputados informar que o presidente Jair Bolsonaro seria impedido de entrar na Casa por não possuir o passaporte da vacinação, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), decidiu rever a decisão.

Nesta sexta-feira (29), em nota enviada à coluna de Guilherme Amado, do site Metrópoles, o parlamentar informou que a Casa não “irá barrar o chefe de outro Poder”.

A medida ocorre após a Câmara dos Deputados retomar os trabalhos presenciais e passar a exigir a apresentação da carteira de vacinação contra a Covid-19. Mais cedo, a Câmara chegou a afirmar que a medida valeria inclusive para o presidente da República,

Em nota, “Arthur Lira nega que a Câmara dos Deputados irá barrar o chefe de outro Poder. Mesmo na restrição mais rígida da Câmara, jamais foi impedida a visita do presidente de outro Poder”.

Fonte: Pleno News