Eduardo Leite e João Doria, governadores do Rio Grande do Sul e São Paulo, respectivamente, estão empenhados nas disputas das prévias do PSDB. Leite, por sua vez, apresenta uma certa vantagem, tendo até o momento, 8 diretórios do PSDB a seu favor.

Acaso todos os integrantes desses colégios votem em Leite, ele terá 39% dos votos das prévias presidenciais tucanas. Já Doria conta com 5 apoios, equivalentes a 31% do total. Arthur Virgílio, ex-prefeito de Manaus e 3º concorrente pelas prévias do partido, ainda não teve apoios formais.

O apoio formal consiste em apenas um reflexo do comportamento de cada estado. O vencedor não leva todos os votos daquele local, mas o percentual que conquistou.

O primeiro debate entre os candidatos tucanos ocorreu nesta terça-feira (19). Ambos adotaram um tom ameno, “decepcionando” quem esperava discussões acaloradas.

Fonte: Pleno News