Preso desde o último dia 3 de setembro por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), acusado de disseminar supostas fake news e incitar por meio de redes sociais a invasão do Supremo, o jornalista Wellington Macedo deixou, nesta sexta-feira (15), o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, onde estava detido.

Foi a esposa de Wellington, Andressa Macedo, quem confirmou a soltura do marido através de um vídeo publicado em seu perfil nas redes sociais. Segundo ela, a decisão que resultou na liberação do jornalista foi acompanhada de algumas restrições, comuns a outros investigados em inquéritos que tramitam na Suprema Corte.

– O jornalista Wellington Macedo acaba de ser liberado da Papuda com tornozeleira eletrônica. Na decisão do ministro Alexandre de Moraes constam algumas restrições, dentre elas: proibição de participação em redes sociais; proibição de conceder qualquer tipo de entrevista; proibição de receber visitas – escreveu.

 

A jornalista Sandra Terena, esposa do jornalista Oswaldo Eustáquio, compartilhou a notícia em suas redes. De acordo com ela, que protestou ao longo do último mês por conta da prisão de Macedo e de outros conservadores, Eustáquio participará de um ato no domingo (17) pela libertação também do deputado Daniel Silveira e do presidente do PTB, Roberto Jefferson.

– O jornalista Welington Macedo acaba de deixar o Complexo Penal da Papuda. Deus é fiel! Neste domingo, o jornalista Oswaldo Eustáquio vai estar em uma manifestação no Rio de Janeiro pedindo a liberdade de Daniel Silveira e Roberto Jefferson – escreveu.

Fonte: Pleno News