Nesta quinta-feira (23), a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) utilizou as redes sociais para criticar a ideia sobre o Certificado de Imunização e Segurança Sanitária, conhecido como passaporte sanitário. Em sua conta do Twitter, ela afirmou que a medida tem por objetivo controlar “a vida das pessoas”.

Uma proposta sobre o tema já está em circulação na Câmara dos Deputados, mas para Zambelli, é “ineficaz como medida sanitária” por não impedir a transmissão do vírus.

A criticar a medida, a deputada compartilhou um link para uma enquete da Câmara que questiona a população sobre a adoção do passaporte. A enquete pode ser vista aqui.

– Pensem comigo: Se o passaporte sanitário não impede que a pessoa fique doente ou transmita, ele é ineficaz. Se não impede a transmissão, a única explicação para sua obrigatoriedade é o controle sobre a vida das pessoas – escreveu.

Fonte: Pleno News