Helio e Camargo apontam racismo em post de jornalista

O deputado federal Helio Lopes (PSL-RJ) e o presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, usaram as redes sociais neste sábado para apontar racismo em um comentário feito pela jornalista Barbara Gancia. Com a #racista, o assunto ficou entre os destaques do Twitter.

Lopes e Camargo se pronunciaram após Gancia ter usado o termo “macaco”.

– Vem cá: hoje é Dia dos Namorados e esse monte de macaco prefere sair pra dar um rolê de moto com o Bozo (muitos na garupa de macho) do que ficar com a esposa ou namorada? Enrustidos – destacou a jornalista.

Diante da publicação, presidente da Fundação Palmares cobrou atitude de negros que participaram da motociata, realizada em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, neste sábado.

– Se você é negro e tem como provar que participou da gigantesca motociata do Bolsonaro, em São Paulo, processe a pseudojornalista Barbara Gancia por injúria racial. Ela te chamou de “macaco” – declarou ele.

Publicação do presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo Foto: Reprodução

Já Helio afirmou que a esquerda acabou “mostrando sua verdadeira face rancorosa, odienta, racista, homofóbica e preconceituosa”.

– É muito bom quando a esquerda abre mão da fantasia do progressismo MAIS AMOR e acaba mostrando sua verdadeira face rancorosa, odienta, racista, homofóbica e preconceituosa. Tudo isso só por causa da popularidade do meu irmão, presidente Jair Bolsonaro? Fique DESNERVOSA, minha senhora – escreveu ele, no Twitter.

Publicação do deputado federal Helio Lopes Foto: Reprodução
Fonte: Pleno News