Delegado Éder Mauro enfrenta Renan Calheiros na Justiça: ‘É como colocar ladrão de galinha para tomar conta do galinheiro’

Um dos ferrenhos aliados do presidente Jair Bolsonaro no Congresso Nacional, o deputado federal Éder Mauro impetrou uma ação na Justiça Federal de Brasília, solicitando que o Judiciário confirme a suspeição dos senadores Jader Barbalho e Renan Calheiros para ingressarem na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid.

Em um vídeo publicado em suas redes sociais, o parlamentar argumenta:

“Eu acabei de entrar com uma ação popular de suspeição, no Tribunal Federal de Brasília, pela suspeição de Renan Calheiros e Jader Barbalho. Ambos com filhos governadores, caso que a CPI está apurando“, diz ele no início do vídeo.

Ademais, ele afirmar ser ‘um absurdo’ ter um pai investigando o próprio filho.

“É um absurdo que o filho de Jader Barbalho, o Hélder Barbalho, seja julgado e investigado pelo próprio pai. É o mesmo que botar o ladrão de galinha para tomar conta do galinheiro. É um absurdo”.

Fonte: Portal BR7