Pré-candidato do Novo quer reduzir número de secretarias e acabar com ingerência política na Sanasa

O pré-candidato à Prefeitura de Campinas pelo Novo, Zé Afonso, apresentou nesta quinta-feira (28) propostas para reduzir os custos da administração municipal, incluindo a abertura de capital da Sanasa e a desestatização de três empresas municipais e autarquias.

Afonso argumenta que a Sanasa, embora seja uma das melhores empresas de saneamento do país, possui uma tarifa alta devido ao “cabide de emprego” de comissionados indicados por partidos políticos e vereadores, além do uso de recursos para outras finalidades.

“Abrir o capital da Sanasa trará mais investimentos e compliance para a empresa, acabando com a ingerência política”, disse Afonso. “Isso resultará em uma tarifa mais justa para a população.”

O pré-candidato também propõe reduzir o número de secretarias municipais de 24 para 13 e desestatizar três empresas municipais e autarquias. “Essas medidas reduzirão a burocracia e os gastos da administração pública, liberando recursos para áreas essenciais como saúde, educação e segurança”, afirmou.

Afonso ressalta que as propostas visam tornar Campinas uma cidade mais competitiva e com melhor qualidade de vida para seus habitantes. “Campinas está entre as cinco cidades mais caras do país para se viver. Precisamos mudar essa realidade”, disse.

Outras medidas propostas por Zé Afonso:

  • Implementar um programa de gestão de despesas;
  • Reduzir o número de cargos comissionados;
  • Combater a sonegação fiscal;
  • Atrair novos investimentos para a cidade.

Sobre Zé Afonso:

Zé Afonso é empresário e pré-candidato à Prefeitura de Campinas pelo Novo. Ele é formado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCC).

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies