Lula pede a Deus que não o leve ainda: “Eu sou tão bonzinho”

Política Nacional

Em cerimônia de assinatura de contrato para início das obras do empreendimento Copa do Povo, em São Paulo, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), pediu a Deus que não o leve ainda. O petista, que atualmente tem 78 anos, afirmou querer viver até os 120 e declarou ser “bonzinho”.

“Eu peço para Deus todo dia: ‘Se você quiser me levar, coloque outro, deixa eu aqui. Eu tenho tarefa aqui, eu tenho muita coisa aqui. Eu já vivo com vocês há mais de 50 anos. Tem gente aqui que era meu colega, eu fui colega da filha dele, agora sou colega do neto, vou ser colega dos bisnetos. Para que me levar? Eu estou tão quieto aqui, eu sou tão bonzinho. Leve alguém, mas deixa eu aqui porque eu quero ficar aqui’”, disse.

Lula também afirmou crer em Deus e justificou que para viver até os 120 anos, como é a intenção dele, é preciso ter “uma causa”.

“Eu quando eu digo que eu vou viver até 120 anos de idade, não é só porque eu creio em Deus e porque eu gosto da vida. É porque se a gente não tiver uma causa, se a gente não construir uma causa e a gente não tentar brigar por aquela causa, a gente não. Nada”, completou.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *