Kirchner faz gesto obsceno ao ser vaiada em posse de Javier Milei

Mundo

A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, foi vaiada ao chegar à sede do Congresso neste domingo (10), para conduzir a cerimônia de posse do novo presidente da República, Javier Milei. Vestida de vermelho, ela respondeu com um gesto obsceno, mostrando o dedo do meio para os apoiadores do presidente eleito.

Cristina, que é a presidente do Senado, conduziu a cerimônia de posse de Milei e de sua vice, Victoria Villarruel. Após o juramento de Milei, a vice-presidente eleita fez o mesmo.

Milei, um economista liberal de extrema direita, venceu as eleições presidenciais argentinas em outubro com uma plataforma que prometia reduzir impostos, privatizar empresas públicas e combater a corrupção.

Sua eleição representa uma mudança significativa na política argentina, que tem sido dominada por partidos de esquerda nas últimas décadas.

A resposta de Cristina Kirchner às vaias foi interpretada por alguns como uma demonstração de desrespeito ao novo presidente e à democracia. Outros a defenderam, dizendo que ela estava simplesmente reagindo à hostilidade dos apoiadores de Milei.

A cerimônia de posse foi marcada por protestos de ambos os lados do espectro político. Apoiadores de Milei se reuniram do lado de fora do Congresso para celebrar sua vitória, enquanto opositores protestaram contra sua eleição.

Milei assumiu o cargo de presidente da Argentina em 10 de dezembro de 2023.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *