A Saraiva, que já foi líder do mercado de livrarias no Brasil, está encerrando suas operações físicas e fechando suas cinco últimas lojas a partir de 21 de setembro de 2023. Isso resultará na demissão de funcionários, e a empresa passará a operar exclusivamente pela internet. A Saraiva entrou em recuperação judicial em outubro de 2018 e, desde então, tem enfrentado dificuldades financeiras.

A empresa já havia fechado pelo menos 30 de suas lojas físicas desde meados de junho. Das cinco lojas restantes, quatro estão localizadas em São Paulo (nos shoppings Aricanduva, Jundiaí, Novo Shopping e Sé) e uma em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

A decisão de demitir funcionários ocorre antes de uma assembleia em que será votada uma mudança societária na empresa, que envolve a conversão de ações preferenciais em ações ordinárias.

Há cinco anos, quando solicitou a recuperação judicial, a Saraiva declarou uma dívida de R$ 675 milhões, refletindo os desafios enfrentados pelo setor de livrarias no Brasil e as mudanças nas preferências dos consumidores, incluindo a crescente concorrência das vendas online.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies