Malafaia rebate matéria que fala sobre “Traficantes evangélicos”

O pastor Silas Malafaia usou suas mídias sociais, nesta sexta-feira (12), para se posicionar com veemência contra uma reportagem de autoria da BBC Brasil, publicada na página do site de notícias da Globo, G1, a qual o religioso atribui ao jornal O Globo. A matéria traz no título uma associação direta entre traficantes e evangélicos pentecostais, utilizando o termo “narcopentecostalismo”.

– ‘Narcopentecostalismo’: traficantes evangélicos usam religião na briga por territórios no Rio – diz a manchete.

A reportagem, em seu subtítulo, fala sobre o “surgimento de traficantes que se declaram evangélicos” e “a forma como isso influencia a atuação das facções na disputa por territórios no Rio de Janeiro”. Também afirma que “a religião (evangélica) também tem um papel estratégico para manutenção do poder e na disputa por territórios”, atribuindo à fé de milhões de pessoas uma prática criminosa que não tem qualquer relação com a liturgia religiosa.

Diante desta polêmica, o pastor Silas Malafaia se manifestou criticando a criação jornalística e rechaçando qualquer relação entre práticas criminosas e a fé evangélica, empreendida pela reportagem.

– (…) Tentar vincular evangélicos com o narcotráfico, é um absurdo! (…) Fica aqui o meu protesto! Preconceito bandido e canalha desse jornalismo mentiroso – disparou o presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

ASSISTA:

Fonte: Pleno News

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies