Jair Bolsonaro disse a um integrante do governo que, das duas indicações que fará ao Superior Tribunal de Justiça, já se decidiu por uma.

O escolhido é Ney Bello, desembargador do TRF da 1ª Região. Ele é apoiado, entre outros, por Gilmar Mendes.

A outra vaga, segundo Bolsonaro, está indefinida. A lista de indicados pelo STJ tem, além de Bello, os desembargadores Messod Azulay Neto, Paulo Sérgio Domingues e Fernando Quadros.

Após a definição de Bolsonaro, os indicados irão passar por uma sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Fonte: Pleno News