O Senado aprovou nesta quarta-feira (4) a Medida Provisória (MP) que garante o pagamento mínimo de R$ 400 mensais para beneficiários do Auxílio Brasil, programa que substituiu o Bolsa Família no governo do presidente Jair Bolsonaro. O texto foi aprovado de forma simbólica e será enviado para sanção presidencial.

Inicialmente, a medida garantia a transferência de R$ 400 somente até dezembro deste ano. Após uma investida da oposição para aumentar o benefício em R$ 600 na Câmara e colocar em risco o benefício pago atualmente, o governo concordou em colocar o pagamento de R$ 400 de forma permanente.

No Senado, o relator da MP, senador Roberto Rocha (PTB-MA), rejeitou as emendas para aumentar o valor. No ano passado, o Congresso liberou a inclusão da despesa no Orçamento sem necessidade de compensação, regra que será imposta apenas se o valor aumentar nos próximos anos.

*AE

Fonte: Pleno News