Após a Globo veicular a imagem do ex-juiz Sergio Moro em uma propaganda do Podemos exibida na última quinta-feira (20) no Rio de Janeiro, um imbróglio se formou entre o partido e a emissora. De acordo com a coluna Maquiavel, da revista Veja, a sigla vai enviar uma notificação extrajudicial para a Globo em virtude da exibição.

Como o ex-ministro da Justiça não é mais filiado ao Podemos desde o dia 31 de março, quando trocou a sigla pelo União Brasil, o Podemos notificará a Globo para que o tempo contabilizado com a propaganda em que Moro apareceu seja desconsiderado e que a sigla tenha direito ao tempo que teria sido “perdido”.

De acordo com o partido, a propaganda com Moro seria antiga e o envio de uma nova peça publicitária com o presidente estadual do partido no Rio de Janeiro, Patrick Welber, no lugar da inserção com o ex-juiz, teria sido comunicado para a emissora através de uma ligação telefônica.

Embora não tenha havido uma comprovação desse aviso telefônico, o partido enviará a notificação para ter direito ao tempo e estuda acionar a emissora judicialmente. Em outros canais de TV, a propaganda veiculada foi a correta.

Fonte: Pleno News