Nesta terça-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro estará em Cuiabá (MT) para participar de um encontro de pastores. Nas redes sociais, ele rebateu uma publicação feita em protesto aos evangélicos vistos em uma avenida da cidade.

Além de expor a mensagem, o chefe do Executivo ironizou o conteúdo. No tuíte, uma pessoa apontava que a avenida do CPA estava igual a um “circo de horrores” porque crentes estavam chegando para receber o presidente da República.

– Circo de horrores da esquerda: bandeiras do Brasil, Jesus te ama e combate às drogas – rebateu Bolsonaro.

O encontro de pastores é organizado pela Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil. Segundo informações do site O Antagonista, o convite a Bolsonaro foi feito pelo presidente da Frente Parlamentar Evangélica, Sóstenes Cavalcante (PL-RJ).

A reunião deve ter a presença de cerca de 15 mil líderes evangélicos. Outros 95 mil deverão participar do evento de forma online.

Fonte: Pleno News