O presidente Jair Bolsonaro (PL) avançou quatro pontos percentuais na pesquisa Ipespe/XP divulgada nesta quarta-feira (6). O cenário, já sem o ex-juiz Sergio Moro, que saiu da disputa presidencial após optar por deixar o Podemos e se filiar ao União Brasil, mostra o atual chefe do Executivo com 30%, contra 26% da última pesquisa divulgada no dia 25 de março.

De acordo com os novos resultados, também se beneficiaram com a saída do ex-juiz as candidaturas de Ciro Gomes (PDT), que avançou de 7% para 9%, de João Doria (PSDB), que passou de 2% para 3%, e de Simone Tebet (MDB), que subiu de 1% para 2%. O percentual dos que não sabem, não responderam ou votarão nulo e branco saltou de 9% para 12% com a saída de Moro.

Dentre os principais nomes, o ex-presidente Lula (PT) foi o único a não apresentar variação positiva nos números e manteve os 44% que registrava na pesquisa divulgada no fim de março.

O cenário é bem parecido com o apontado na pesquisa espontânea, quando os entrevistados não conhecem a lista de candidatos. Lula, por exemplo, manteve os 36% anotados em março. Já Bolsonaro oscilou positivamente dois pontos percentuais, e agora tem 27%.

A pesquisa, realizada pelo Ipespe e encomendada pela XP Investimentos, foi realizada entre os dias 2 e 5 de abril por meio de mil entrevistas. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais. A análise foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo BR-03874/2022.

Fonte: Pleno News