Durante agenda no Ceará, nesta quarta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro disse que tentam igualar o seu governo aos que o antecederam. Ele afirmou ainda que a cor vermelha do comunismo é “a cor do atraso e da corrupção”. As informações são do portal Metrópoles.

– Uma satisfação, depois de três anos de mandato, a volta do patriotismo no coração do Brasil. Cada vez mais, as cores verde e amarelo são vistas pelos quatro cantos do nosso Brasil. Vamos deixando para trás aquela cor vermelha, a cor do comunismo, a cor do atraso e da corrupção – declarou.

O chefe do Executivo também disse que “são três anos e três meses sem qualquer denúncia de corrupção em nossos ministérios”.

– E, quando se fala em corrupção, nós temos o que falar: três anos e três meses sem qualquer denúncia de corrupção em nossos ministérios. Tentam, a toda maneira, nos igualar com quem nos antecedeu. Mas não conseguirão, porque é um governo que, acima de tudo, tem profundo respeito pela sua população.

Fonte: Pleno News