O diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, acusou o Supremo Tribunal Federal (STF), neste sábado (12), de desrespeitar a Constituição. Ramagem disse ainda que os togados querem “resgatar o absolutismo”. A declaração foi feita em uma entrevista a um canal no YouTube.

– Eles [ministros do STF] estão violando a nossa própria Constituição, o princípio de separação de Poderes e o princípio republicano. Parece que estão resgatando o absolutismo, a época em que o monarca era o Estado, era as leis, e tudo podia – disse.

O ex-chefe da Polícia Federal ainda disse que “está havendo um atropelo de regras e de direitos”, e chamou a situação de “magistocracia”.

Ainda na entrevista, Ramagem alfinetou o ex-ministro da Justiça e pré-candidato Sergio Moro, chamando-o de “gatinho mimadinho” por causa da sua gestão no Ministério da Justiça.

– O Moro no Ministério da Justiça primeiro parecia um grande acerto, uma grande esperança. Depois acabou sendo uma grande decepção. Depois o que se viu foi uma grande traição, uma deliberada traição – avaliou.

Alexandre Ramagem irá se candidatar a deputado federal pelo Partido Liberal (PL) nestas eleições.

Fonte: Pleno News