Nesta sexta-feira (4), o presidente da Ucrânia, Volodyrmyr Zelensky, fez um novo pronunciamento para falar do ataque russo ao seu país. Durante sua fala, ele pediu apoio de outros países e alertou que, “se a Ucrânia cair, a Europa vai cair”.

O ataque da Rússia à Ucrânia ocorreu na madrugada do dia 24 de fevereiro. O anúncio da “operação militar no leste da Ucrânia” foi feito pelo presidente russo, Vladimir Putin, em um discurso transmitido na televisão. De acordo com ele, o objetivo era “proteger as pessoas que são submetidas a abusos, genocídio de Kiev durante oito anos”, e, para isso, ele buscaria “desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia e levar à Justiça aqueles que cometeram vários crimes sangrentos contra pessoas pacíficas, incluindo cidadãos russos”.

Em seu pronunciamento, Zelensky dedicou alguns minutos de silêncio às vítimas do conflito e pediu ao mundo que apoie a Ucrânia.

– Eu quero pedir que vocês não fiquem em silêncio, quero pedir que vocês saiam na rua e apoiem nosso país, apoiem nossa luta, e dizer que, se a Ucrânia não resistir, a Europa não vai resistir. Se nós cairmos, vocês caem. Então por favor, não fiquem em silêncio, não façam vista grossa para isso. Saiam e apoiem a Ucrânia o máximo que puderem – destacou.

O presidente ucraniano também disse que o conflito é uma luta entre a “luz” e a “escuridão”.

– Saiam para as ruas, apoiem a Ucrânia. Nós queremos isso: apoiem a nossa liberdade. Não é uma vitória somente sobre os militares russos. É uma vitória da luz sobre a escuridão, do bem sobre o mal, da liberdade sobre aquilo que está acontecendo hoje no nosso país, no território do nosso país, no território da Ucrânia – apontou.

Fonte: Pleno News