O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, falou, nesta segunda-feira (31), sobre a possibilidade de compor uma eventual chapa à Presidência da República com o governador de São Paulo, João Doria. Durante viagem a São José do Rio Preto (SP), Moro falou que não aceita “ser vice”.

– Não aceito ser vice (…) Me filiei em 10 de novembro e estou em terceiro lugar nas pesquisas. Nunca tinha me lançado na política e estamos tratando esse resultado com humildade, mas com confiança crescente. Não faz sentido [ser vice], nesse cenário que a gente vê o nosso projeto como mais promissor para aqueles que não querem nem Lula e nem Bolsonaro. E essa é a grande maioria do país – apontou.

O ex-ministro da Justiça disse ainda que pretende fazer alianças no futuro, mas que seu foco no momento é “construir um projeto”.

– Estamos colocando o pé na estrada. Vamos percorrer, circular, falar com as pessoas e construir um projeto. Essas alianças vêm depois. Estamos abertos a alianças, mas sem abdicar do nosso projeto. A aliança que importa agora é com as pessoas – ressaltou.

Fonte: Pleno News