Após os ataques feitos pelo ator José de Abreu a Jair Bolsonaro, o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, partiu em defesa do presidente da República. Em um vídeo publicado nas redes sociais, o político disse que o ataque partiu porque o ator “perdeu a teta”.

– Eu quero usar esse espaço para desconstruir versões que são apresentadas pelo antibolsonarismo. Cada um tem motivo, mas a maioria [dos artistas], ou quase todos eles, [criticam] porque perderam a teta […] Por que muita gente fala mal do presidente? Por causa do seu dinheiro. Dos nossos impostos – apontou.

Em seguida, João Rodrigues mencionou um vídeo recente gravado por Zé de Abreu em que mandou Bolsonaro enfiar a “Rouanet no c*”.

– Zé de Abreu, petista, comunista, esquerdista. É um ser humano desprezível. Não consigo conceber que um canal de televisão permita que um sujeito como esse grave novelas, participe de uma programação com esse linguajar contra o presidente da República – destacou Rodrigues.

O prefeito de Chapecó também comentou sobre outros “ataques” feitos por artistas e disse que eles ocorrem porque perderam a “mamata”.

– Toda essa gente perdeu a mamata, porque o presidente cortou o dinheiro que indevidamente ia para pagar a luxúria desse povo. Dinheiro público é para investir em saúde e educação – ressaltou Rodrigues.

Fonte: Pleno News