“Governadores atravessam o samba”, diz Mourão sobre vacina em crianças

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, criticou nesta quarta-feira (22) os governadores que estão se antecipando ao posicionamento do governo federal e iniciaram as negociações para aquisição de vacinas para imunizar crianças por conta própria.

Um dos governadores criticados por Mourão foi João Doria, de São Paulo, que tomou a iniciativa classificada pelo vice-presidente como “atravessar o samba” e já iniciou às negociações com a Pfizer para começar a vacinação infantil em São Paulo, mesmo sem a aprovação do Ministério da Saúde.

– Os governadores, lamentavelmente, às vezes atravessam o samba. Como foi aquela questão da compra daquela vacina russa [Sputnik V] que acabaram não comprando, não é? Então vamos aguardar. Isso aí vai ser feito de forma mais correta possível protegendo a população – declarou.

Na última quinta (16), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), aprovou a vacinação de crianças de 5 a 11 anos com o imunizante da Pfizer, no entanto o Ministério da Saúde optou por fazer uma consulta pública para tomar uma decisão quanto a iniciar ou não a imunização infantil. O general também comentou a consulta.

– O governo está querendo tomar sua decisão. Existem alguns conflitos em relação a esse assunto e ele [governo] quer estar 100% calçado na hora de iniciar esse processo – declarou na saída do Palácio do Planalto.

Para saber mais sobre a consulta pública, inclusive como participar do processo, clique aqui.

Fonte: Pleno News

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies