Nesta quinta-feira (25), o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) anunciou que ingressou com uma notícia-crime contra o presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM) , e o relator, Renan Calheiros (MDB-AL).

O anúncio foi feito pelo Twitter. O filho do presidente da República ainda destacou que CPIs não são tribunais de exceção e as possíveis transgressões não podem ficar impunes

“Sobre o Relatório da CPI da Pandemia, apresentei noticia-crime contra seu relator e seu o presidente, por possíveis práticas de abuso de autoridade, vazamento de informação sigilosa, receptação e prevaricação, algumas de suas condutas que me atingiram e a outras pessoas  algumas delas médicos da linha de frente do combate à pandemia” — disse Carlos Bolsonaro.

“CPIs não são tribunais de exceção e as possíveis transgressões não podem ficar impunes. Agora, o PGR poderá analisar os fatos.” — acrescentou Carlos Bolsonaro.

Fonte: Portal BR7