Otimista, o ministro da economia Paulo Guedes prevê um avanço de mais de 1% do PIB, contrariando a previsão de economistas, depois de crescer cerca de 5,5% este ano.

Em entrevista à Reuters, Guedes disse que os especialistas de mercado estão subestimando o potencial de crescimento do Brasil em 2022. Para ele, a base fiscal do Brasil não deixou de ser forte por causa da pandemia da Covid-19.

– Ano que vem continuam errando, subestimando o Brasil. Não vou falar quanto vamos crescer, mas, da mesma forma que subestimaram quando a gente caiu, isso acontece de novo agora – disse o ministro.

De acordo com ele, o país tem projetos já contratados que preveem 700 bilhões de reais de investimentos para os próximos anos.

– Temos 550 bilhões (de reais) já contratados e mais 150 bilhões (de reais) do leilão 5G que estão chegando, e isso é só começo, até o fim do governo vai ter muita coisa – acrescentou.

Guedes também ressaltou que o país tem marcos regulatórios que viabilizam uma nova onda de investimentos. Após encontros om CEOs das maiores empresas francesas no Brasil, o ministro afirmou que a mensagem dos executivos foi de otimismo para a economia nacional.

Fonte: Pleno News