O presidente Jair Bolsonaro disse que agressão de agentes que faziam sua segurança em Roma, na Itália, contra jornalistas durante um passeio da comitiva. Segundo ele, veículos da imprensa tentaram responsabilizá-lo pelo episódio.

Bolsonaro deu declarações à Jovem Pan. Ele foi questionado sobre a decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), que deu 10 dias para que o presidente explique o ocorrido. A entrevista, gravada no fim de semana no Paraná, foi transmitida na manhã desta segunda-feira (8).

Em outubro, Bolsonaro foi à Itália para participar do encontro do G20. No conteúdo exibido nesta segunda, o chefe do Executivo chamou de “atrito” o episódio envolvendo profissionais de imprensa.

– Depois fiquei sabendo de um atrito que houve —não agressão, não houve soco, pancada, nada—, foi com os carabineiros italianos; que eles, juntamente com o GSI [Gabinete de Segurança Institucional], que faz a minha segurança em qualquer lugar do mundo, tiveram um entrevero… [com] Pessoal da Folha, UOL e Globo – falou.

Fonte: Pleno News