A Fiat está sentindo o reflexo de sua decisão de pressionar o Minas Tênis Clube a demitir o jogador de vôlei Maurício Souza. No vídeo de lançamento do primeiro SUV compacto da companhia, o Fiat Pulse, o número de “descurtidas” é sete vezes superior ao número de curtidas.

Até o momento, são quase 100 mil visualizações, com 18 mil descurtidas e menos de três mil curtidas na transmissão no YouTube. Nos comentários da publicação, o que se vê é uma chuva de críticas à marca e o apoio ao atleta Maurício.

– Uma pergunta à Fiat: é certo oprimir um atleta por crime de opinião e ainda pedir a demissão dele? – comentou um internauta.

Até mesmo perfis grandes na plataforma, como o de Sikera Jr., e o Canal Hipócritas deixaram sua contribuição.

– Maurício Souza, orgulho nacional – comentou o perfil humorístico.

– Viva Maurício de Souza, viva a família brasileira – escreveu Sikera.

Em outubro, Maurício Souza se viu no centro de uma polêmica ao manifestar-se contrário à bissexualidade do novo Superman, dos quadrinhos da DC Comics. A Fiat e a Gerdau exigiram posicionamento do Minas Tênis Clube, do qual são patrocinadoras, o que culminou no desligamento de Maurício do clube.

Fonte: Pleno News