Lula diz que só perde para D. Pedro II e Vargas em experiência

Política Nacional

Durante um evento em Arroio do Meio (RS), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma comparação ousada de sua experiência política com a de duas das mais emblemáticas figuras da história do Brasil: o imperador D. Pedro II e o ex-presidente Getúlio Vargas. Na quinta-feira (6), Lula afirmou que, em termos de “quantidade de experiência de viver problemas”, ele só perde para esses dois líderes históricos.

Lula, que não possui diploma universitário e é conhecido por ter perdido um dedo em um acidente de trabalho, destacou que apenas D. Pedro II, que governou por quase 70 anos, e Getúlio Vargas, que liderou a Revolução de 30 e governou até 1945, antes de ser eleito novamente em 1950, têm mais experiência que ele. “Depois dos dois, só eu. Ninguém tem a quantidade de experiência que eu tenho, de viver problemas neste país,” disse Lula.

Contudo, Lula cometeu alguns equívocos históricos em suas declarações. Ele mencionou incorretamente que Getúlio Vargas foi eleito em 1954, quando na verdade Vargas venceu as eleições em 1950, assumiu o cargo em 1951 e seu mandato terminou tragicamente com seu suicídio em 1954. Além disso, Lula exagerou a duração do reinado de D. Pedro II, que na realidade governou o Brasil por 48 anos, de 1841 até a Proclamação da República em 1889, e não por 70 anos como mencionado.

A visita do presidente ao Rio Grande do Sul teve como objetivo principal anunciar medidas de apoio à reconstrução do estado, que enfrenta desafios significativos. As declarações de Lula reforçam sua imagem de líder resiliente e experiente, embora não estejam isentas de imprecisões históricas.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *