Lula e Janja vão passar semana dos namorados na Suíça e Itália

Política Nacional

Em uma reviravolta inesperada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT), está se preparando para embarcar na próxima semana para Genebra, na Suíça. O objetivo da viagem é participar da reunião da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Posteriormente, ele seguirá para a Itália para a Cúpula do G7. Os eventos estão programados para ocorrer entre os dias 13 e 15 de junho, coincidindo com a semana dos namorados no Brasil.

A confirmação da viagem veio do Palácio do Planalto na terça-feira (4), conforme informações do Antagonista. Até então, a participação de Lula nos eventos nos dois países era incerta, devido às enchentes no Rio Grande do Sul e às dificuldades que o presidente tem enfrentado na articulação com o Congresso.

Embora o Palácio do Planalto não tenha confirmado se a primeira-dama, Janja da Silva, estará presente, ela tem acompanhado o marido em suas viagens internacionais até agora.

As viagens internacionais do casal têm sido alvo de críticas. Em 2023, Lula passou um total de 62 dias fora do Brasil, com a primeira-dama ao seu lado. Apenas o Ministério das Relações Exteriores desembolsou pelo menos R$ 65,9 milhões para as viagens no último ano, enquanto a Casa Civil gastou R$ 29,6 milhões até abril deste ano. Esses valores foram disponibilizados para toda a comitiva presidencial.

Apesar das críticas, o presidente deve visitar ainda este ano o México, Paraguai, Bolívia, Chile, Estados Unidos, Rússia e Peru.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *