Quantos eleitores Nunes e Boulos herdam de Lula e Bolsonaro

Política Nacional

Uma nova pesquisa do instituto Datafolha revela que 44% dos eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) têm a intenção de votar no deputado federal Guilherme Boulos (PSOL) nas próximas eleições para a Prefeitura de São Paulo. Por outro lado, o apoio do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ao atual prefeito, Ricardo Nunes (MDB), deve atrair 39% dos paulistanos que votaram nele em 2022.

A pesquisa indica que, seja de Lula a Boulos, seja de Bolsonaro a Nunes, o apoio dos protagonistas das eleições de 2022 não será capaz de transferir nem metade dos votos dos seus eleitores aos candidatos apoiados. O Datafolha ouviu 1.092 pessoas entre os dias 27 e 28 de maio.

Entre os que disseram que votaram em Lula em 2022, 17% responderam que pretendem votar em Nunes. Outros 9% afirmaram que preferem a deputada federal Tabata Amaral (PSB) e 7% optam pelo apresentador de televisão José Luiz Datena (PSDB).

O segundo candidato mais escolhido pelos paulistanos que votaram em Bolsonaro é Pablo Marçal (PRTB), com 14% das intenções de voto entre estes eleitores. Em seguida, aparecem o deputado federal Kim Kataguiri (União) e Datena, empatados com 8%.

O Datafolha também questionou a intenção de voto dos paulistanos que votaram no governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), e no ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), nas eleições de 2022. Ricardo Nunes é o favorito entre os eleitores de Tarcísio (37%), enquanto Boulos foi o mais citado entre os que escolheram Haddad (47%). Ainda assim, a transferência de votos é de menos da metade.

A pesquisa tem uma margem de erro de três pontos percentuais para mais e para menos e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-08145/2024.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *