“Nosso presidente aperta mão de pessoas que não gostamos”

Variedades

No último domingo (2), o humorista Whindersson Nunes se envolveu em uma polêmica nas redes sociais ao defender o jogador de futebol Neymar. Tudo começou após os ataques da atriz Luana Piovani ao atleta.

Whindersson, ao se manifestar, também mencionou Rafaella Santos, irmã de Neymar, em relação às doações enviadas ao Rio Grande do Sul. Além disso, ele fez uma referência ao presidente Lula (PT) sem mencionar diretamente o nome do político.

A controvérsia gira em torno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata da transferência de terrenos da Marinha em áreas urbanas para estados, municípios ou proprietários privados. Políticos de esquerda argumentam que a PEC pode abrir espaço para a criação de praias privadas, mas o relator da proposta no Senado, Flávio Bolsonaro (PL-RJ), nega essa interpretação.

Whindersson Nunes foi acusado de ser favorável à PEC, o que o levou a expressar arrependimento em suas declarações. Ele afirmou não ser a favor da privatização de praias e reagiu com indignação.

A polêmica entre Luana Piovani e Neymar teve início quando a atriz comentou um vídeo da também atriz Laila Zaid, classificando Neymar como “um dos apoiadores” da PEC. Luana compartilhou o caso em seu Instagram e questionou se o jogador deveria ser considerado um ídolo para seus filhos.

Em seguida, Luana intensificou os ataques pessoais a Neymar, afirmando que ele “fez muito pelo Brasil”, mas também “acabou com tudo o que construiu”. Ela questionou o caráter do jogador e destacou que dinheiro não alivia a exaustão mental.

A discussão se estendeu, e Luana recebeu uma mensagem afirmando que Neymar é um ótimo pai. Ela relembrou o caso de traição durante a gravidez de Bruna Biancardi, argumentando que um pai que prejudica a mãe também prejudica o filho.

Neymar, por sua vez, decidiu responder aos ataques de forma contundente. Em suas redes sociais, ele publicou vídeos e uma imagem em que expressava sua indignação. O jogador pediu para que Luana cuidasse de sua própria vida e não mencionasse mais seu nome. Ele também questionou se a atriz estava interessada nele e reforçou que não é um mau pai.

Em resumo, a polêmica envolvendo Whindersson Nunes, Neymar e Luana Piovani abordou questões como doações, privatização de praias e comportamento pessoal. As redes sociais foram palco de embates intensos, e cada um dos envolvidos expressou sua opinião de forma veemente. A discussão continua, e o público acompanha atentamente os desdobramentos desse conflito.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *