Papa diz que “fofocar é coisa de mulher” e volta a causar polêmica

Mundo

Na última quinta-feira (30), durante uma reunião privada com jovens padres romanos, o Papa Francisco fez um comentário que gerou controvérsia, afirmando que “fofocar é coisa de mulher”. O encontro ocorreu em Roma e foi divulgado pelo site italiano “Silere non Possum”.

De acordo com o site, o Papa Francisco teria aconselhado o grupo a evitar falar mal dos outros, justificando que “temos calças, por isso temos de dizer coisas”. A declaração foi feita enquanto ele discutia o comportamento esperado dos sacerdotes.

Durante a mesma reunião, o Papa também abordou “problemas de corrupção” na Igreja Católica, após ser questionado por um jovem sacerdote sobre a situação da diocese de Roma.

Esta nova controvérsia surge pouco tempo depois de Francisco ter usado o termo “frociaggine” – traduzido como “viadagem” ou “bichice” – ao falar sobre a situação nos seminários, em uma reunião com mais de 200 bispos italianos. Na última terça-feira (28), o Vaticano anunciou que o Papa pediu desculpas e afirmou não ter a intenção de ofender ninguém com o uso do termo depreciativo contra homossexuais.

Este incidente destaca a importância do discurso cuidadoso e respeitoso, especialmente quando se trata de figuras públicas influentes como o Papa Francisco. As palavras têm poder e podem ter um impacto significativo, tanto positivo quanto negativo, naqueles que as ouvem.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *