“Não queremos sacanagem”, diz Flávio a Alexandre de Moraes

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) criticou duramente o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, nesta quarta-feira (31). O parlamentar se reuniu com parlamentares da oposição e com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para discutir as recentes buscas e apreensões realizadas pela Polícia Federal na Câmara dos Deputados.

Em seu discurso, Flávio Bolsonaro disse que Moraes está “medindo os outros pela sua régua” e que suas decisões não são baseadas em provas. “Ninguém está escondendo prova, ninguém tem medo de ser investigado”, afirmou o senador.

Flávio também disse que será o próximo alvo da PF nas investigações. “Está muito claro que, pelo modus operandi, é isso que vai acontecer”, disse.

As críticas de Flávio Bolsonaro ocorrem após a publicação de uma reportagem do portal Metrópoles que apontava que um dos três jet skis usados por Jair Bolsonaro e seus filhos Eduardo e Carlos durante uma pesca no litoral do Rio de Janeiro não teria voltado ao mar enquanto os agentes da PF realizavam as diligências na casa do ex-presidente, em Angra dos Reis.

Flávio Bolsonaro disse que estava com um dos jet skis que não era seu e que tinha que devolver o veículo para o dono. Ele afirmou que depois foi para o almoço e, posteriormente, retornou para a residência da família Bolsonaro.

O senador disse que fez questão de explicar o ocorrido à PF para evitar uma busca e apreensão contra ele. No entanto, disse que acredita que será o próximo alvo das investigações.

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies