Exército pune dois militares por envolvimento nos atos de 8/1

O Exército puniu dois militares por envolvimento nos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023 em Brasília. As punições foram aplicadas após a conclusão de sindicâncias internas.

Um oficial foi preso por três dias e outro recebeu uma advertência. O Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx) informou que não foram encontrados indícios de crime, mas sim “transgressões disciplinares na conduta e procedimentos adotados durante a ação no Palácio do Planalto”.

Ao todo, quatro Inquéritos Policiais Militares (IPM) e quatro sindicâncias foram abertos para apurar a conduta dos militares nos atos golpistas. Um coronel da reserva já foi condenado no âmbito das investigações.

O general Tomás Paiva, comandante do Exército, havia afirmado em janeiro de 2023 que militares envolvidos nos atos poderiam ser punidos pelos órgãos de Justiça da caserna.

Bruno Rigacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site! ACEPTAR
Aviso de cookies