Nikolas rebate blogs de esquerda por tentarem ligá-lo à ameaça feita contra Lula

Política Nacional

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) publicou um vídeo nesta quarta-feira (27) para rebater as acusações de que ele estaria ligado a um comentário feito no X, antigo Twitter, ameaçando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Tudo começou quando Nikolas repostou uma reportagem sobre a viagem de Lula e Janja para o Réveillon. Um internauta então comentou: “Precisamos fazer uma vaquinha para pagar um mercenário com um rifle de precisão!”.

O comentário repercutiu e o secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli, informou que enviou um ofício à Polícia Federal (PF) para que investigue o autor do comentário, identificado como André Luiz.

Blogueiros de esquerda e até mesmo a CNN Brasil publicaram matérias dizendo que Nikolas pode ser investigado por ter estimulado ataques contra o petista.

No vídeo, Nikolas afirma que a PF não o investiga, mas sim o autor da ameaça. Ele também destaca que não é responsável por comentários de terceiros em suas redes sociais.

O deputado atribui as acusações à perseguição por seu sucesso nas redes sociais. Ele ressalta que suas redes têm mais interações que as do próprio Lula.

“A PF não disse que irá me investigar, mas sim a pessoa que comentou em um post meu ameaçando o Lula. Por óbvio: não sou responsável por nenhum comentário feito por terceiros nas minhas redes. O que passar disso é narrativa e desespero. Tentem na próxima. Abraços”, declarou Nikolas.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *