O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ator Leonardo DiCaprio voltaram a debater nas redes sociais em razão da Amazônia. Por meio de sua conta no Twitter, o ator de Titanic questionou a extensão do desmatamento ilegal na floresta brasileira utilizando dados do MapBiomas, e recebeu uma longa resposta do chefe do Executivo, dizendo que DiCaprio se tornará seu “melhor cabo eleitoral”.

– Quão extenso é o desmatamento na Amazônia, um dos lugares mais importantes do planeta para pessoas e vida selvagem? De acordo com este mapa do Mapbiomas, a região tem enfrentado um ataque de desmatamento ilegal nas mãos da indústria extrativa nos últimos três anos – postou o artista, em inglês e português.

Em seguida, o presidente Jair Bolsonaro iniciou assinalando que “progressistas” como DiCaprio querem mudar “o mundo inteiro, mas nunca a si mesmos”.

– Você de novo, Léo? Assim, você se tornará meu melhor cabo eleitoral, como dizemos no Brasil! Eu poderia dizer a você, novamente, para desistir de seu iate antes de dar uma palestra ao mundo, mas eu conheço os progressistas: você quer mudar o mundo inteiro, mas nunca a si mesmo, então vou deixá-lo fora do gancho – escreveu.

Na sequência, o líder brasileiro mencionou os recentes incêndios na Europa e questionou a preocupação do ator com o Brasil.

– Cá entre nós, é estranho ver um cara que finge amar o Planeta dando mais atenção ao Brasil do que aos incêndios que prejudicam a Europa e seu próprio país. Alguém pode se perguntar se você é obcecado pelo meu país (ou seus recursos) ou se acredita que o Brasil é o único na Terra – prosseguiu.

Bolsonaro declarou que o Brasil “continuará sendo a nação que mais preserva”, e disse que em seu governo a média de desmatamento “é bem menor do que era no passado, quando estava no poder o bandido que virou candidato”.

– É claro que todos os que atacam o Brasil e sua soberania em prol da sinalização da virtude não têm a menor ideia do assunto. Eles não sabem, por exemplo, que preservamos mais de 80% de nossa vegetação nativa ou que temos a energia mais limpa entre as nações do G20. Também está claro que você não sabe que meu governo anunciou um novo compromisso para erradicar o desmatamento ilegal até 2028, e não até 2030 como a maioria dos países. Ou talvez você saiba disso, mas por algum motivo finja ser ignorante – acrescentou.

O presidente também pediu que o ator pare de “espalhar informações erradas”.

– Se estiver ao seu alcance, adoraríamos vê-lo parar de espalhar informações erradas. No passado recente, você usou uma imagem de 2003 para falar sobre os incêndios florestais na Amazônia supostamente acontecendo em 2019 e foi exposto, mas eu o perdoei. Então, por favor, vá e não peque mais – escreveu.

Bolsonaro encerrou falando sobre a venda de carvão na Europa e mencionou a ativista ambiental Greta Thunberg.

– A propósito, o que você acha sobre o sucesso do mercado de carvão na Europa? E a Greta Timberlake, você sabe o que ela tem feito ultimamente e o que ela tem a dizer sobre isso? Se eu estivesse fazendo um churrasco na minha casa, tenho certeza que ela estaria gritando “Como você se atreve?” – concluiu.

Fonte: Pleno News