Preso em Belo Horizonte, nesta sexta-feira (22), após ameaçar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), assim como políticos de esquerda e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o personal trainer Ivan Rejane Fonte Boa Pinto ironizou a determinação do ministro Alexandre de Moraes.

Na gravação, publicada em seu canal no YouTube ainda nesta sexta, portanto, antes de ser detido pela Polícia Federal, o homem de 46 anos ironiza a ação que culminou em sua prisão. Veja o vídeo na íntegra, a seguir.

– Prende ele, Xandão, ele é um dos líderes dos movimentos antidemocráticos de 7 de setembro. Esse facínora que está ameaçando a sociedade. Que vacilão, hein, irmão?! Tá com medo, né? O c* tá piscando, não passa nem um cabelo. Essas tchutchucas do PT estão em desespero porque sabem que nós, da direita, vamos fazer o maior 7 de setembro da história – desabafou.

No vídeo, ele ainda afirma que ameaçou “apenas” oito, dos 11 ministros do STF, porque esqueceu de Dias Toffoli, a quem chama de “bandido”. O personal ainda reiterou os xingamentos contra a Suprema Corte.

– Ah, o Ivan ameaçou os juízes do STF, os oito togados… Foram oito porque eu esqueci do Toffoli, que também é bandido, BANDIDO. O que eu disse, eu repito e reitero: “O STF é um ninho de bandidos colocados lá pelo PT” – concluiu.

Ivan, por outro lado, amenizou as ameaças que fez ao ex-presidente e candidato do PT à Presidência da República.

– Quando eu falo para você caçar o Lula, é para você fazer o que já está fazendo, mantendo esse vagabundo dentro de casa. Não é para dar um tiro na cabeça dele não, nem dar uma facada – defendeu.

A prisão de Ivan foi decretada pelo ministro Alexandre de Moraes na quarta-feira (20), após pedido da Polícia Federal. O magistrado também expediu mandado de busca e apreensão na residência do suspeito e determinou o envio de ofício para o Twitter, YouTube e Facebook, além de uma intimação ao Telegram, solicitando o bloqueio das redes sociais do suspeito.

A ação foi motivada por um vídeo compartilhado nas redes sociais em que o homem faz ameaças a Lula, Gleisi Hoffmann (PT) e Marcelo Freixo (PSB). Na gravação, que coloca em destaque a data de 7 de setembro de 2022, quando completam-se os 200 anos da Independência, Ivan também critica nominalmente os ministros do STF.

Fonte: Pleno News