Na tarde desta quinta-feira (30), o deputado federal Daniel Silveira (União Brasil-RJ) compareceu na sede da Polícia Federal em Brasília para colocar a tornozeleira eletrônica determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A instalação do aparelho ocorreu por volta das 15h30 e foi feita pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seape) – responsável pelo monitoramento de presos na capital federal.

Nos últimos dias, foi travada uma batalha entre o Judiciário e o parlamentar, que chegou a passar a noite na Câmara dos Deputados, afirmando que não cumpriria a determinação do ministro.

Caso Silveira continuasse se recusando a seguir as medidas cautelares, haveria uma multa diária de R$ 15 mil.

Fonte: Pleno News