A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou nesta terça-feira (15) que não vai concorrer ao Senado por São Paulo. A chefe da pasta social vinha sendo cotada para integrar o núcleo central de candidatos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro no estado, encabeçado pelo ministro Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, que deve disputar o governo.

– Não aceitei o convite por acreditar que no Estado temos em nossa base muita gente boa com grandes chances de eleição – publicou Damares no Twitter.

Ministra Damares Alves falou sobre candidatura ao Senado Foto: Reprodução/Twitter

Após se dizer “honrada” pelo convite e agradecer ao presidente Jair Bolsonaro pela confiança, Damares deixou em aberto a possibilidade de disputar uma cadeira por algum estado da região Norte ou Nordeste, mas não chegou a indicar se a possível candidatura será ao Senado ou à Câmara e nem por qual unidade da federação pode vir a concorrer.

– No momento precisamos reforçar nossa base em alguns estados e quero ajudar os amigos do Norte e do Nordeste nesta tarefa – completou.

Fonte: Pleno News